Quais são os cuidados para retomada de eventos saudáveis e sustentáveis?

Começamos 2020 vivendo um desafio: o novo Coronavírus que impôs uma mudança de comportamento da população e na dinâmica das cidades. O risco de aglomeração fez com que o setor de eventos culturais e corporativos fosse um dos primeiros a serem afetados e provavelmente será o último a voltar à normalidade. A partir dos planos de liberação gradual das atividades, já é possível vislumbrar uma perspectiva de retomada do setor. É o momento de preparação e adaptação a nova realidade dos eventos presenciais.

Nessa retomada alguns cuidados devem ser tomados e algumas oportunidades devem ser aproveitadas:

Legislação e Protocolos

O primeiro passo para uma retomada segura é estar atendo a legislação. Cada Estado trás diferentes Decretos e Portarias: é importante atender a todas as exigências previstas nessas leis estaduais e municipais. Em caso de contradição opte pela legislação mais rígida.

Verifique também as regras previstas nas instituições e autoridades reguladoras oficiais: Organização Pan Americana da Saúde (OPAS), Organização Mundial de Saúde (OMS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Veja quais são as políticas de apoio ao trabalhador e o empresário frente à Covid-19

Protocolos de Higiene

É sempre necessário enfatizar a necessidade de lavar as mãos com água e sabão ou higienizador à base de álcool 70 e manter pelo menos 1,5 metro de distância entre as pessoas sejam público ou staff. O uso da máscara deve ser obrigatório. A limpeza e higienização devem ser intensificadas.

Estrutura de espaços de eventos

O espaço deve estar preparado para identificar a presença de pessoas infectadas e . Deve-se medir a temperatura na entrada, disponibilizar pontos de higienização e distribuir itens obrigatórios como máscaras.

É recomendada a instalação de vidros na recepção e locais de atendimento ao público bem como a intensificação da comunicação visual sobre os cuidados com a saúde e as novas regras de convivência.

Quer tornar seu espaço mais sustentável? Confira nossas dicas…

Produção e atendimento ao público

Orientações e treinamentos devem ser realizados constantemente para manter a segurança dos profissionais. Adotar medidas para não haver aglomeração e evitar o contato com o público de pessoas do grupo de risco.

O trabalho remoto e atendimentos à distancia devem ser priorizados. A quantidade do público por ambiente deve ser controlado bem como o distanciamento de 1 metro e meio em filas.

 

Baixe agora o E-book

“Orientações para uma retomada saudável e sustentável: feiras e eventos” 

 

 

Ações Sustentáveis

  • Aproveite a oportunidade para melhorar velhos hábitos já que saúde e sustentabilidade tem tudo a ver. Tenha lixeiras sinalizadas nos espaços para resíduos recicláveis, rejeitos e resíduos de saúde (para dispensar máscaras e outros resíduos que podem estar contaminados). Faça a coleta seletiva e otimização dos resíduos orgânicos disponibilizando recipientes para estandes de alimentação. Divulgue suas ações com o Selo Sou Resíduo Zero.

Nossos profissionais já estão adaptados a nova realidade:

  • Incentive o público a conhecer sua pegada de carbono e a relação entre poluição, desmatamento, riscos a saúde e surgimento de enfermidades. Invista em projetos de preservação ambiental auditados e certificados neutralizando as emissões de Gases Efeito Estufa (GEEs) e obtenha o Selo Evento Neutro.

Saiba mais sobre como incluir estratégias de sustentabilidade na sua agência de eventos  e como produzir um evento sustentável .